12 horas de jejum?

Mitos e verdade dos exames laboratoriais

Horas em jejum, fazer exames doentes, tomar ou não tomar o remédio antes da coleta de sangue: conheça os mitos e verdade sobre os exames médicos:

Preciso ficar 12 horas em jejum para todos os exames? Não, isso só é preciso em dois exames: o de glicemia e o de colesterol e triglicérides. Nestes casos, as 12 horas são necessárias pois é o tempo que demora para o organismo metabolizar a glicose e a gordura. Procure fazer esses exames pela manhã, assim boa parte do seu jejum terá passado enquanto você dorme.

Suspender medicamentos é recomendado? O ideal é fazer o exame o mais longe possível da última dose, desta maneira, o remédio estará mais diluído no sangue. Em caso de exames com jejum, tome o medicamento apenas após a coleta do sangue. É importante perguntar ao médico se o remédio deve ser tomado normalmente ou não, pois em alguns casos, o exame é feito justamente para avaliar os efeitos do medicamento no corpo.

 

Estou doente, posso fazer o exame? Caso você esteja doente, não é aconselhado fazer exames, contanto que o teste não esteja sendo feito para diagnosticar tal doença. Muitas vezes o organismo está lutando contra a doença, o que pode alterar alguns resultados. O ideal é esperar a recuperação e, então, marcar o exame novamente.

 

Exames de fezes e urina precisam ser feitos no laboratório? Não, contanto que não seja o exame para diagnosticar uma infecção urinária. Neste caso, a urina deve ser fresca, pois o contato com o ar favorece a proliferação de bactérias. Em outros casos, você pode pedir o potinho e levá-lo para casa. Nos exames de urina, a amostra deve ser entregue até duas horas após a coleta. Já as fezes podem ser entregues até 24 horas depois de serem coletadas e precisam ser mantidas em refrigeração até a entrega no laboratório.

 

Para ter mais informações sobre o preparo necessário para cada tipo de exame, entre em contado com o nosso atendimento ao cliente: (021) 2672-7070

Tags:, , ,