Alimentos da estação: ovos vermelhos

Assim como os ovos brancos, eles podem ser aliados da saúde

Blog_Ovos

 

Muito se fala sobre os ovos vermelhos – são diferentes, são mais nutritivos, são mais gostosos. Mas tudo isto não passa de um mito. Na verdade, excetuando a cor e o tamanho, os ovos vermelhos são iguais aos brancos.

O tom diferente surge por simples escolha genética e seu sabor só depende da alimentação e da saúde da galinha que pôs o ovo. Como o ovo vermelho é vendido mais caro, os criadores costumam investir mais no processo e cuidam melhor no animal. Mas se galinhas de ovos brancos comerem a mesma ração que as galinhas de ovos vermelhos, não haverá diferença alguma no sabor – e nem na quantidade dos nutrientes.

Quando o assunto é nutriente, aliás, é importante lembrar que os ovos deixaram de ser vilões da saúde recentemente. Se antes os médicos alertavam sobre os seus perigos para o coração, atualmente não faltam estudos que comprovem o contrário.

Segundo pesquisadores da Universidade de Minnesota, que realizaram um estudo envolvendo 9.734 pessoas de 25 a 74 anos, acompanhadas durante duas décadas, não há relação entre o consumo regular de ovos e o aumento da incidência de doenças cardiovasculares como infarto e derrame. Já outra pesquisa, da Universidade Estadual de Kansas, destacou uma substância chamada fosfolipídeo como a responsável por interferir na absorção do colesterol e impedir que seja captado pelo intestino, ou seja: impede que o colesterol caia na rede sanguínea.

Além disso, a gema é fonte de ferro, fundamental para evitar a anemia. Também tem altas doses de colina, um nutriente importante para o desenvolvimento fetal, além de proteger o cérebro e a memória. Um ovo supre 22,7% de sua necessidade diária de colina.

No entanto, vale lembrar que ovo frito está fora da recomendação. Aposte em ovos cozidos ou mexidos (que ajudam a emagrecer se comidos no café da manhã), seja ele branco ou vermelho.

Tags:, , , , ,