Arquivo para categoria: Saúde

Tendinites: mitos e verdades

Afinal, de onde vem esse incômodo?

DASA-2858A-IMAGEM-BLOG-V01

Gestos simples como pegar o filho no colo, abrir a tampa do pote de geleia e usar o teclado durante o dia podem se tornar um desafio com a dor provocada pela tendinite – inflamação muito comum que acomete tendões variados do corpo.

Muitos fatores causam o processo inflamatório. Entre eles, esforço repetitivo, problemas posturais e traumas. No entanto, a tendinite gera muitas interpretações erradas que acabam retardando o tratamento correto. As chances de cura são maiores o quanto antes o paciente começar a terapia. Por isso, é importante saber identificar o início da doença para procurar ajuda o mais rápido possível.

DASA-2858A-INFOGRAFICO-SERGIOFRANCO-V01

 

Será que é febre amarela?

Saiba como investigar a doença pelo exame de PCR e entenda a diferença entre os vírus selvagem e vacinal.

SF-header-febre-amarela

Recentemente, a febre amarela voltou aos noticiários como motivo de preocupação para os brasileiros. De julho de 2017 a fevereiro de 2018, foram confirmados 723 casos da doença no país. Entre os estados mais afetados estão São Paulo, Minas Gerais e o Rio de Janeiro.

A vacinação é a melhor forma de se proteger e de ajudar no combate à febre amarela. Mas o que fazer se você esteve em áreas de risco e não sabe se pode ter contraído a doença? Primeiro e mais importante: não espere os sintomas para investigar. Quanto antes o vírus for identificado, mais cedo o tratamento pode começar, evitando complicações mais graves.

O Sérgio Franco já tem o exame PCR para febre amarela. Além de revelar com precisão se o paciente contraiu ou não a doença, o teste também pode diferenciar o tipo do vírus – que pode ser selvagem ou vacinal.

Quer entender melhor a diferença entre os dois tipos de vírus? A gente explica:

  • Febre amarela: É causada pelo vírus selvagem, e pode ocorrer na forma silvestre ou urbana. Na forma silvestre, é transmitida pelos mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes, e na forma urbana é transmitida pelo Aedes aegypti.
  • Febre amarela vacinal: Como seu próprio nome já diz, é causada pelo vírus vacinal, em uma reação adversa à vacina, porém é bastante rara.

Outro grande benefício do exame é a sua rapidez: em até 4 dias, você pode ter o resultado em mãos. Se for positivo, o tratamento já pode começar. Se o resultado for negativo, podem ser feitos exames complementares para confirmar o diagnóstico.

É importante lembrar que tanto a vacina quanto o exame são mais indicados para quem mora ou já esteve em regiões endêmicas. O melhor a fazer é sempre se informar com um médico de confiança ou no posto de saúde mais próximo.

Se quiser saber mais ou agendar seu exame PCR para febre amarela, fale com o nosso atendimento ao cliente: (21) 2672-7070.

O Sérgio Franco agora atende Unimed Alfa

Conheça as unidades do Sérgio Franco que atendem o plano Unimed Alfa

header-unimed-alfa

Boa notícia para quem tem o plano Unimed Alfa: agora você pode contar com o Sérgio Franco para realizar seus exames!

Unidades Sérgio Franco que atendem o plano Unimed Alfa:

UNIDADE ENDEREÇO
Bangu Rua Francisco Real, 1.869
Bangu Shopping Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240 – Sala 218
Barra – Complexo das Américas Av. Jorge Curi, 550 Lj 156
Barra – Jardim Oceânico Av. Olegário Maciel, 519 Sala 203
Barra – MDX Av. das Américas, 6.205 – Sl 101
Barra – Rio 2 Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1.111  Blc 01  Sls 106/107/108 (Shopping Seletto)
Barra – Shopping Aventura Center Shopping Aventura Center – Av. das Américas, 10.101 – Lojas 116 e 117
Barra da Tijuca Av. das Américas, 505 – Lj C/D
Barra Shopping Av. das Américas, 4.666  3º Piso Lj 302
Bonsucesso – Guilherme Maxwell Av. Guilherme Maxwell, 516  Ljs 103,104 e 105
Bonsucesso – Nova York Av. Nova York, 105
Botafogo – Conde de Irajá Rua Conde de Irajá, 479
Botafogo – Sorocaba Clínica Sorocaba – Rua Sorocaba, 464 – Térreo
Cachambi Av. Dom Helder Câmara, 5.555 – Sl 313/314
Campo Grande I Rua Coronel Agostinho, 76 – Sobreloja 218/219
Campo Grande II Rua Barcelos Domingos, 112 A
Caxias – Conde de Porto Alegre Rua Conde de Porto Alegre, 36
Caxias – Nilo Peçanha Av. Nilo Peçanha, 621
Centro – Presidente Vargas Av. Presidente Vargas, 435 – Sala 2104
Centro – São José Rua São José, 40 – sobreloja
Copacabana – N. Sra. de Copacabana Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1171
Copacabana – Siqueira Campos Rua Siqueira Campos, 59 (sobreloja)
Ilha do Governador – Hortifruti Estrada do Galeão, 2.220  (dentro do Hortifruti Jardim Carioca)
Ipanema – Galeria Ipanema 2000 R. Visconde de Pirajá, 547 Ljs 211, 212 e 223 (Galeria Ipanema 2000 – 2º piso)
Jacarepaguá – Freguesia Shopping Main Street – Estrada dos Três Rios, 200 Bl 1 Ljs 106/107
Jacarepaguá – Pechincha Rua Lopo Saraiva, 179 – Bloco 03 Slj 204/205/206
Jacarepaguá – Taquara Av. Nelson Cardoso, 1.149 / SL 226 a 228
Largo do Machado Rua do Catete, 311 / 318
Largo do Bicão Estrada Padre Roser, 42, loja 101 – Vila da Penha
CID Leblon Av. Ataulfo de Paiva, 669 – 1º andar
Madureira Estrada do Portela, 278 – loja B
Méier – Carolina Méier Rua Carolina Méier, 34
Méier – Dias da Cruz Rua Dias da Cruz, 330
Méier – Manuela Barbosa Rua Manuela Barbosa, 01 sls. 305/306/307
Penha Leopoldina Shopping – Av. Braz de Pina, 148 – Salas 408/409/410
Realengo Av. Santa Cruz, 935 – Loja C
Recreio dos Bandeirantes Av. Alfredo Balthazar da Silveira, 96 – sala 201
Santa Cruz Rua Felipe Cardoso, 14 – Loja B
Shopping Tijuca Shopping Tijuca – Av. Maracanã, 987 – Bl 01 – 7º andar
Tijuca – Conde de Bonfim Rua Conde de Bonfim, 334
Tijuca – Largo da Segunda-Feira Rua Haddock Lobo, 396 / Loja B
Tijuca – Praça Saens Peña I Rua General Roca, 778 sls 706/ 707/708
Tijuca – Praça Saens Peña II Rua Pinto de Figueiredo, 31 – Loja A
Vila Isabel I Blvd. 28 de setembro, 44 / 805
Vila Isabel II Blvd. 28 de Setembro, 229 A
Vila Valqueire Shopping Center Point Valqueire: Rua Luis Beltrão, 160  Lj. 215 e 216

Mais informações
Consulte nosso atendimento pelo telefone (21) 2672-7070.

A alergia não dá trégua

Conheça algumas dicas para se defender dela.

DASA-2709A-POST-FACE-SERGIOFRANCO-BLOG

Coriza, congestionamento nasal, dificuldade para respirar, coceira nos olhos e nariz, tosse e espirros.
Um sufoco que tira a energia e se estende por semanas. A alergia é uma resposta repentina do corpo
ao entrar em contato com determinadas substâncias. Ela pode ser respiratória, de pele ou alimentar. E
para todas elas há tratamento específico e bem eficiente.

Veja alguns cuidados para evitar alergias:

  1. A regra número um para evitar o processo alérgico é não ter contato com os agentes que o
    desencadeiam. E ficar longe de animais (somente se você for alérgico), ambientes poluídos e
    manter a casa sempre limpa e livre de ácaros e fungos (eles adoram poeira e umidade).
  2. Náusea, vômito, diarreia, inchaço nos lábios e língua, refluxo, esofagite, dores no estômago,
    coceiras e até choque anafilático são algumas das manifestações da alergia alimentar. O site
    da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia mostra que os alimentos causadores de
    reações alérgicas com mais frequência são leite de vaca, ovos, amendoim, crustáceos,
    mariscos e castanhas.
  3. O maior órgão do corpo humano, a pele, não passa ileso às alergias, que costumam
    apresentar duas principais características: manchas ou placas avermelhadas e intensa coceira.
    Para evitar a crise alérgica, o paciente também terá que tomar remédios antialérgicos e passar
    cremes com cortisona (anti-inflamatório) nos locais afetados. Os médicos recomendam ainda
    cuidado especial com o uso de cosméticos, vestir apenas roupas de algodão e não tomar
    banhos muito quentes.
  4. Forrar colchões e travesseiros com material impermeável e trocar a roupa de cama semanalmente.
  5. Evitar locais fechados e com pouca ventilação e manter as janelas de casa abertas para circulação do ar.
  6. Retirar de casa tudo que acumula mofo e poeira (bichos de pelúcia, jornais velhos e cortinas de pano).

O diagnóstico das alergias, seja ela respiratória, de pele ou alimentar, começa no consultório com uma
pesquisa dos sintomas. O médico, então, encaminha o paciente para um teste para definir quais são
os alérgenos responsáveis. Para o diagnóstico da alergia, você conta a excelência do Sérgio Franco
para realizar todos os exames laboratoriais necessários. E levar uma vida tranquila e livre de qualquer
incômodo.

Essa matéria foi extraída da revista Sérgio Franco/CDPI e você pode conferi-la na íntegra, dirigindo-se
a uma de nossas unidades.

Diabetes: quando desconfiar?

Entenda melhor essa silenciosa doença, seus principais sintomas e como prevenir.

Delboni_blog_dia mundial do diabetes

Com a rotina corrida dos dias de hoje é difícil manter os hábitos mais simples, como investir numa alimentação equilibrada e tirar 30 minutos no dia para fazer uma atividade física. É verdade que pedir comida por meio do celular é mais rápido do que preparar uma comida saudável em casa, e requer força de vontade sair para caminhar todos os dias. Mas é bom ficar atento: a má alimentação e o sedentarismo podem trazer consequências permanentes para a sua saúde. Entre essas consequências, está o diabetes tipo 2.

Cerca de 90% dos casos de diabetes são do tipo 2, quando a produção de insulina (hormônio que regula a glicose e o colesterol) é dificultada pelo alto nível de glicose no organismo. Essa resistência à insulina tem relação direta com aumento de peso e obesidade, atingindo principalmente adultos a partir dos 50 anos. No entanto, o quadro também pode aparecer em jovens e crianças, devido ao consumo excessivo de gorduras e falta de exercício físico.

Existem ainda outros tipos de diabetes, como o tipo 1 (quando o pâncreas deixa de produzir insulina) e o diabetes gestacional (que é detectado no 3º trimestre de gestação, e pode ou não ser temporário).

A boa notícia é que, se investigado desde cedo e com acompanhamento médico, o diabetes pode ser controlado. No caso do diabetes tipo 2, o cuidado deve ser ainda maior, já que os sinais podem demorar anos até aparecerem. Separamos os principais sintomas para caso identifique agendar um médico:

Sintomas do diabetes tipo 1

  • Dificuldade para cicatrizar ferimentos
  • Formigamento nos pés e nas mãos
  • Grande perda de peso
  • Sede, fome e fadiga excessivas
  • Urinar com frequência

Sintomas do diabetes tipo 2

  • Dores nas pernas
  • Sede, fome e fadiga excessivas
  • Urinar com frequência
  • Visão embaçada

Além dos sintomas acima, existem exames de sangue que permitem o diagnóstico preciso e seguro do diabetes: glicemia em jejum, hemoglobina glicada e o teste de tolerância à glicose. Antes de tudo, o fundamental é conversar com seu médico para investigar o problema.

Novembro Azul: Seja um Homem de Atitude

Preparamos uma lista com os principais exames para cada faixa etária.

blog_delboni_novembro-azul

Com a saúde em dia, você pode viver com mais disposição, evitar doenças graves e até alcançar a tão desejada longevidade. Mas no caso dos homens, a preocupação com a saúde nem sempre é prioridade. Em geral, eles não têm a mesma preocupação com a saúde que as mulheres, pois elas iniciam os cuidados desde a adolescência quando começam as visitas ao ginecologista.

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização para reverter esse cenário. Apesar de ser ainda recente no Brasil, a causa já foi abraçada por diversas instituições e celebridades, e ganha cada vez mais visibilidade. A campanha tem como objetivo  espalhar a informação e incentivar os cuidados com a saúde do homem – principalmente para os exames de próstata e do coração.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, cerca de 60 mil novos casos de câncer de próstata aparecem no Brasil anualmente. E, junto a esse tipo de câncer, as doenças coronarianas também são motivo de preocupação, por serem assintomáticas e de difícil tratamento. Com métodos avançados de medicina diagnóstica, é possível identificar até mesmo as doenças mais silenciosas e permitir um tratamento rápido e mais eficiente.

Cuidar da sua saúde é ter atitude! O ideal é que o homem procure um clínico geral ou um urologista pelo menos uma vez por ano na fase adulta.

Veja os principais exames para cada faixa etária:

 A partir dos 20 anos

  • avaliação de glicemia
  • hemograma completo
  • palpação da bolsa testicular
  • perfil lipídico e urina.

 A partir dos 30 anos

  • eletrocardiograma
  • raios-X de tórax 
  • teste ergométrico

 A partir dos 40 anos

  • audiometria
  • toque retal da próstata
  • PSA
  • ressonância magnética multiparamétrica da próstata
  • ultrassonografia de abdômen

 A partir dos 50 anos

  • todos os exames a partir dos 20 anos
  • colonoscopia
  • colonoscopia virtual por tomografia

Agende exames com a Turma do Scooby-Doo

Bebês são uma surpresa a cada dia, principalmente durante o primeiro ano de vida, quando os pais estão se adaptando à nova rotina de cuidados com o filho.

blog_Geral_Dia-das-crianças

Bebês são uma surpresa a cada dia, principalmente durante o primeiro ano de vida, quando os pais estão se adaptando à nova rotina de cuidados com o filho. Alguns dos exames feitos logo na maternidade podem evitar o desenvolvimento de doenças que se tornam graves se não forem tratadas com agilidade.

O laboratório Sérgio Franco/CDPI ajuda os pais de primeira viagem, ou não, explicando melhor sobre os exames que precisam ser realizados durante esse período e por que são tão importantes.

EXAMES que os bebês devem realizar durante o primeiro ano de vida:

  • Tipagem sanguínea: realizada ainda na sala de parto, identifica o tipo de sangue A, B, AB ou O – e seu fator Rh – positivo ou negativo.
  • VDRL: É um exame para triagem de sífilis. Não é obrigatório, mas faz parte do protocolo de muitas maternidades.
  • Teste do pezinho básico e ampliado: A coleta se faz a partir do terceiro dia do nascimento, pois o recém-nascido deve ter sido alimentado. O objetivo do teste é avaliar o risco do recém-nascido para algumas doenças que podem trazer prejuízo para seu desenvolvimento futuro.
  • Teste da orelhinha ou triagem auditiva: Verifica se o recém-nascido não tem nenhum déficit auditivo e costuma ser feito após 24 horas de vida.
  • Reflexo vermelho: É um teste extremamente simples, feito na maternidade, para afastar a presença de catarata congênita e tumores no olho.
  • Teste do coração: Geralmente é realizado a partir do segundo dia de vida da criança e serve para identificar alguma malformação cardiovascular e medir o nível de oxigênio no sangue.
  • Teste da linguinha: Observa-se se o freno lingual da criança é muito curto, o que pode prejudicar o processo de fala e da amamentação.

infografico_SegioFranco_criancas_v1_óculos

TOQUE DE AMIGA: SF/CDPI E VOCÊ NA LUTA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Conheça melhor o câncer de mama e veja quais exames não podem faltar para o diagnóstico precoce.

DASA-2858A-IMAGEM-BLOG-SERGIOFRANCO-V02

O câncer de mama é o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres em todo o mundo. Apenas 10% dos casos são hereditários, o que significa que 90% das mulheres desenvolvem o câncer por outros motivos – como colesterol alto, obesidade, reposição hormonal e não amamentar após a gestação.

Apesar de ainda ser difícil rastrear as causas exatas do câncer de mama, temos uma boa notícia: ele tem até 95% de cura quando é diagnosticado logo no início. Descobrir o câncer na fase inicial pode, inclusive, evitar procedimentos agressivos como a quimioterapia. A melhor solução é se cuidar bem e fazer exames periódicos para diminuir os riscos.

Veja quais são os principais exames para diagnosticar o câncer de mama:

Mamografia

Muito eficaz para detectar nódulos imperceptíveis pelo toque, a mamografia é indicada para mulheres a partir dos 40 anos, uma vez por ano. Mulheres com histórico de câncer na família devem começar a fazer os exames dez anos antes da idade que a parente tinha ao detectar o tumor.

Ressonância magnética e ultrassonografia

Podem detectar alguns detalhes da mama com maior precisão do que a mamografia. A ressonância é um método com alta sensibilidade para identificar lesões. Já a ultrassonografia pode ser usada para guiar a agulha durante as biópsias e para rastrear alterações em locais da mama mais difíceis de serem visualizados em outros exames.

Exame genético

É indicado apenas para os pacientes que preencham critérios clínicos de câncer hereditário. Os testes analisam o DNA de células do sangue e podem detectar alterações que comprovem o alto risco de desenvolver câncer de mama.

Lembre-se: sempre consulte seu médico. Ele ou ela é a melhor pessoa para indicar quais exames você deve fazer, de acordo com o seu perfil.

O combate ao câncer de mama não acaba depois do diagnóstico. Se alimentar bem, fazer exercícios, evitar bebidas alcoólicas e fumo e ficar de olho no seu peso ideal são cuidados simples, porém muito valiosos na luta diária contra o câncer. Junte-se ao Sérgio Franco/CDPI nessa causa!

A receita da Felicidade

É verdade que o bom humor influencia na sua saúde? Entenda e veja 8 dicas para animar a rotina e ser feliz.

SF_blog_bom-humor

Dizem que para ser feliz, basta encarar a vida com mais otimismo. Mas será que é tão simples?

Alguns estudos recentes revelam que, além do comportamento, a química cerebral também tem um papel importante para alcançar o bom humor. O corpo tem hora certa para cada sensação: frio, calor, fome e sono, assim como o bom humor e o mau humor. Quem comanda todas essas sensações são as estruturas cerebrais no sistema límbico, responsável pelas emoções dentro do córtex. O mau humor nada mais é do que o desequilíbrio dessas funções cerebrais. Por isso, que tal cuidar mais do corpo e da mente para manter a alegria em alta?

Preparamos 8 dicas para melhorar seu humor no dia a dia:

Os homens precisam se preocupar mais com a saúde?

Veja os principais cuidados para cada fase de vida do homem.

SF_blog_Dia-do-homem

Como diz o ditado, prevenir é melhor do que remediar. Mas quando o assunto é a saúde do homem, nem sempre é isso que acontece. Em geral, os homens não têm a mesma preocupação com a saúde que as mulheres, que já iniciam os cuidados desde a adolescência quando começam as visitas ao ginecologista.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a cada ano, cerca de 60 mil novos casos de câncer de próstata aparecem no Brasil. E, junto ao esse tipo de câncer, as doenças do coração também são motivo de maior preocupação, por serem doenças muitas vezes assintomáticas e de difícil tratamento. É aí que entra a importância do diagnóstico precoce: com métodos avançados de medicina diagnóstica, é possível identificar até mesmo as doenças mais silenciosas e permitir um tratamento rápido e mais eficiente.

O ideal é que o homem procure um clínico geral ou um urologista pelo menos uma vez por ano na fase adulta. Mudando seu comportamento em relação aos cuidados com a saúde, você pode ter mais longevidade e qualidade de vida.

No infográfico abaixo, separamos os principais pontos de atenção e exames para cada fase de vida do homem: