Obesidade: uma questão de estilo (de vida)

Fuja da doença com pequenas mudanças de hábitos

exerciciossf2

A parte mais difícil de praticar exercícios físicos é começar. Sair do sedentarismo é um dos grandes desafios enfrentados por quem quer mudar a vida e o corpo.

Pesquisadores da Universidade de Harvard na American Heart Association 2012 têm uma notícia ótima para incentivar quem está tentando dar o primeiro passo: enquanto andar pode diminuir pela metade a influência dos genes da obesidade, assistir à TV aumenta em 50% os efeitos da tendência genética.

O estudo analisou 7.740 mulheres e 4.564 homens, durante dois anos, e saiu do senso comum científico que usa os alimentos como variável para a obesidade. A equipe orientou sua análise a partir da observação do estilo de vida.

Para ter esses resultados é necessário andar intensamente 1h por dia ou assistir à tevê 4h diariamente.

O exame para detectar o gene da obesidade ainda não está disponível ao público geral, então é interessante observar o histórico de sua família para analisar as possibilidades de tê-lo em seu corpo. E não faria mal assistir um pouco menos de televisão…

Tags:, , , , ,