Tomógrafo reduz até 80% de radiação em exames

CDPI recebe o primeiro equipamento da América Latina

Corte09

Uma das grandes preocupações de quem faz exames periodicamente é a radiação. Uma das maneiras de reduzir essa exposição é diminuindo o tempo que o paciente precisar estar à disposição do exame. E é exatamente isso que o Aquilion ONE, novo equipamento do CDPI, faz.

Considerado o tomógrafo mais moderno do mundo por trabalhar com 320 fileiras de detectores, que são responsáveis por capturar imagens com uma velocidade de 250 milissegundos, o Aquilion ONE do CDPI é o primeiro da América Latina e resultou de um investimento de aproximadamente 5 milhões de reais.

“Com o novo tomógrafo, em uma única rotação do tubo, a aquisição será de 640 imagens, que permite cobrir toda a área do coração com apenas um batimento cardíaco, por exemplo”, diz nosso cardiologista e coordenador do Serviço de Imagem Cardíaca Dr. Clerio Azevedo.

Além de diminuir a radiação, o aparelho oferece mais conforto aos clientes. “A redução da exposição à radiação pode chegar a 50% em exames pediátricos e 80% em exames cardíacos. O que implica também a redução da quantidade de contraste utilizado, uma vez que o tomógrafo tem maior cobertura dos órgãos”, diz nosso coordenador do Serviço de Tomografia Computadorizada Dr. Vítor Sardenberg.

O novo aparelho pode ser utilizado por pacientes de medicina interna, cardiologia, neurologia e investigação musculoesquelética. Outras abordagens também possibilitadas pela tecnologia são estudos que auxiliam nos diagnósticos de outras áreas.

Tags:, , , , , ,