Zinco ajuda a cuidar do sistema imunológico

Proteína chamada NF-kB atrai o zinco para as células de imunidade e faz com que elas ajam mais rapidamente

sfcdpi-zinco-corte

Estudo realizado pela Universidade de Ohio descobriu que o zinco ajuda a manter o sistema imunológico funcionando direitinho, evitando infecções. Os cientistas fizeram vários testes e perceberam que a deficiência de zinco levava a inflamações.

Ao aprofundar a pesquisa, descobriram uma proteína chamada NF-k8 que atrai o zinco para as células responsáveis pela imunidade (linfócitos e fagócitos), que, por sua vez, respondem melhor na luta contra doenças.

Então onde encontramos o zinco? Nas carnes (sendo que as vermelha tem maior quantidade), nos cereais integrais, nas oleaginosas (castanha do pará, castanha do caju, nozes, amêndoas), nas sementes, nas leguminosas (feijão, grão de bico, ervilha)… Alimentando-se bem, raramente precisamos de suplementos.

Os pesquisadores, no entanto, alertam que sim, o mineral tem muitos papéis importantes e complexos no nosso organismo, mas ainda não se sabe como ele funciona totalmente. O fato é que ele é necessário para a nossa saúde e que, assim como qualquer outra substância da vida, tanto a falta quanto o excesso dela pode fazer mal.

Curiosamente, no caso da imunidade, os cientistas de Ohio concluíram que muito zinco é igual a pouco zinco: misteriosamente o excesso também reduz a capacidade do corpo de lutar contra infecções. Moderação é sempre o ideal.

Tags:, , , , ,